Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Lusa :: 2008.05.16

O PS chumbou hoje seis diplomas do PSD que visavam o apoio às famílias, incluindo um projecto que previa ajuda financeira à permanência dos idosos com a família, que mereceu os votos favoráveis das restantes bancadas.

Apenas o CDS-PP votou ao lado do PSD na maioria dos diplomas, e três deputados da bancada do PS votaram ainda favoravelmente o projecto para apoiar financeiramente as famílias com idosos em casa, entre os quais as deputadas independentes eleitas pelas listas socialistas Teresa Venda e Rosário Carneiro (na imagem).

O alargamento, em sede de IRS, das deduções à colecta das despesas com educação e formação, foi rejeitado com os votos contra do PS e Bloco de Esquerda e a abstenção do PCP e PEV.

No debate parlamentar de ontem, um dos diplomas mais criticados à esquerda foi o projecto de lei de bases da família, com o PS, PCP e BE a considerarem que promove uma concepção ?paternalista? e ?retrógrada? da noção de família.

Diplomas para que as empresas possam declarar, em sede de IRC, 50 por cento das remunerações dos trabalhadores em gozo de licenças de maternidade e paternidade, para criar o ?cartão da família? e para alargar o acesso ao abono de família, foram os outros projectos rejeitados pela maioria PS.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
PS chumba diplomas do PSD que visavam apoio às famílias