Caminhada Pela Vida 2021

A 10ª Caminhada realizou-se, simultaneamente, em 10 cidades capitais de distrito, o que demonstra a força crescente desta onda a favor da Vida: Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Funchal, Guarda, Lisboa, Porto, Santarém e Viseu, uniram-se numa só Caminhada Pela Vida!

Com a organização desta Caminhada, em Braga, a In Familia declarou de forma inequívoca, a sua firme convicção de que a vida humana é o valor dos valores, a respeitar e defender sempre, desde o primeiro momento até ao último sopro! Toda a vida concebida, merece ser vivida! Viva a Vida! Viva a Vida! Viva a Vida!

Este ano, em Braga, a Caminhada Pela Vida foi uma verdadeira Caminhada Pela Vida! Cheia de cor e alegria! Uma Festa à Vida!!!

Percorremos cerca de 1,8 Km num circuito que se concentrou no centro da cidade e que permitiu a todos participarem, os com mais ou menos mobilidade.

A Caminhada contou com a presença da recém nascida Bandeira Mundial ProVida, que abriu o percurso ao Povo da Vida em Braga.

Fizemos 5 paragens, que simbolizaram as 5 fases da vida: a Infância, a Adolescência, a Juventude, a Idade Adulta e a correspondente aos nossos Avós!

Em cada ponto de paragem houve uma reflexão acerca de uma temática relacionada com a Vida ou a Família: as duas realidades que procuramos promover com as Caminhadas.

Foram proferidas, respetivamente, algumas reflexões acerca do Aborto, da Liberdade de Educação, da Defesa da Família, da Procriação Medicamente Assistida e da Eutanásia.

Reproduzimos os textos aqui:

  1. Etapa da vida: Infância (animada por crianças e grávidas)

Local: Campo da Vinha

Tema: Aborto

Texto: Uma nova vida humana começa no momento em que toda a informação transportada pelo espermatozoide do pai se junta à que é fornecida pelo ovócito da mãe, ou seja, desde a fecundação, estamos perante um novo ser, com um património genético único e irrepetível. É a maravilha da vida humana que começa, com a sua identidade própria; falta apenas os pais decidirem o seu nome.  Esta nova vida é credora de toda a dignidade, e deve ser absolutamente respeitada e protegida! A toda a vida humana tem de ser reconhecido o direito a nascer!

Toda a criança concebida tem direito à vida!

A responsabilidade de velar pelo seu desenvolvimento integral cabe, em primeiro lugar, aos pais e, de maneira subsidiária, aos demais familiares, à sociedade e ao Estado.

A mulher grávida deverá contar com todos os cuidados também por da parte da sua família e de forma especialíssima por parte do Estado!

Viva a Vida!


2. Etapa da vida: Adolescência (animada por adolescentes)

Local: Jardim de Santa Bárbara

Tema: Liberdade de educação

Texto: Os pais, na sua qualidade de progenitores, têm o inalienável direito e dever de educar os filhos, e devem ser reconhecidos como os primeiros e principais educadores dos seus filhos, de acordo com as suas convicções éticas, morais, filosóficas ou religiosas, tendo em consideração as tradições culturais da família que favorecem o bem e a dignidade da criança. Além disso, na sua qualidade de contribuintes, devem receber da sociedade a assistência necessária para cumprir o seu papel de educadores, de modo condigno.
Como tal, têm o direito de escolher livremente as escolas ou os meios necessários para educar os filhos, em conformidade com as suas convicções e projetos educativos, realidade que deve ver-se refletida nas opções orçamentais do poder público. As famílias de modo algum podem ver os filhos obrigados a receber os ensinamentos que o Serviço Público de Educação indevidamente impõe, no que se refere às suas convicções morais, éticas ou religiosas!

As famílias devem ter todas as condições para o exercício da liberdade de educar!

Viva a liberdade de educação!

3. Etapa da Vida: Juventude (animada por jovens)

Local: Claustros da Rua do Castelo (junto à Brasileira)

Tema: Família

Texto: A família está alicerçada sobre a união íntima e complementar do homem e da mulher que se estabelece pelos laços do casamento, livremente contraído e publicamente afirmado, e que se abre à transmissão da vida.  A família, sociedade natural, cuja existência precede o Estado e  qualquer outra coletividade, possui os direitos próprios que lhe são inalienáveis. Mais do que mera unidade jurídica, social ou económica, a família é uma comunidade de amor e de solidariedade, insubstituível no que se refere ao desenvolvimento e bem estar dos próprios membros e da sociedade. É o lugar onde se encontram diferentes gerações e onde se ajudam mutuamente para crescer em sabedoria humana e harmonizar os direitos individuais com as outras exigências da vida social. Por isso, o Estado e as Organizações Internacionais, devem proteger a família, com medidas de caráter político, económico, social e jurídico, que contribuam para consolidar a unidade e a estabilidade da família, a fim de que esta possa cumprir a sua função específica e insubstituível.

Viva a Família!


 4. Etapa da Vida: Adultos (animada por adultos)

Local: Largo Carlos Amarante (junto às palavras BRAGA)

Tema: Procriação Medicamente Assistida

Texto: A Procriação Medicamente Assistida enquadra-se num âmbito que, embora pareça bem intencionado, levanta problemas que, do ponto de vista ético e moral não reúnem, longe disso, o consenso social. Ora vejamos:

– Em cerca de 10 embriões criados, somente 1 a 3 embriões são transferidos para o útero da mãe.

– Os embriões concebidos, mas não transferidos, são destruídos ou são congelados, a fim de serem transferidos mais tarde, se os seus pais desejarem ter um novo filho. Findo o prazo de 3 anos, os embriões poderão ser doados a outro casal que sofra de infertilidade, utilizados para fins de investigação ou destruídos.

– Para se conseguir um único nascimento morrem, em média, 16 embriões.

– As cobaias retiradas da congelação apresentam frequentemente alterações genéticas devidas ao frio.

– As crianças fecundadas in vitro apresentam um aumento das malformações de cerca de 25%;

– As consequências negativas para o casal, de ordem física e psicológica, são evidentes;

– A inevitável seleção qualitativa dos embriões, leva ao eugenismo

Um filho a qualquer preço? Em nome dos Direitos do Homem, a criança não pode ser considerada como um objeto à disposição de outrem. A criança não é um direito. O médico deveria procurar a cura para a esterilidade dos pais, em vez de os substituir por equipamentos de laboratório.

Viva a Vida!

5. Etapa da Vida: Avós e Bisavós (animada por avós)

Local: em Frente ao Theatro Circo

Tema: Eutanásia

Texto: Que há de mais íntimo à vida que a própria vida, a história dos nossos primeiros momentos e dos nossos últimos instantes? Por vezes, ao contemplarmos a maravilha que somos, arrebata-nos uma vertigem. Esta vida, que recebemos, podemos transmiti-la. Que poder imenso! Um dia, porém, esta vida passará. A nossa e a daqueles que amamos.

Porque a vida é bela e merece ser vivida em pleno, é urgente redescobrir em nós e nos outros um olhar de encantamento e de veneração, e torna-se necessário remover os obstáculos que nos limitam a visão. Em primeiro lugar e sempre…o amor! Por isso, a palavra de ordem não é descartar, a palavra de ordem é amar, cuidando com todo o afeto até ao fim, para que todos sintam a felicidade de viver em quaisquer circunstâncias, no eterno abraço do Amor! Toda vida tem dignidade! Indigna é a solução da morte higiénica!

Viver, viver sempre, desde o primeiro instante até ao último sopro!

Viva a vida! Viva a vida! Viva a vida!

O encerramento foi efetuado no local da partida: a Arcada.

As lonas das faixas etárias foram colocadas no chão e várias pessoas que simbolizaram cada uma das mesmas, percorreram as lonas com balões da mesma cor da lona respetiva, convergindo no centro e simbolizando a VIDA! TODA A VIDA TEM DIGNIDADE! INDEPENDENTEMENTE DA SUA IDADE OU CONDIÇÃO! TODA A VIDA É UNICA, IRREPETÍVEL! Fizeram-no ao som da música e das palavras do grande prémio Nobel da Paz, a Madre Teresa de Calcutá:

A vida
A vida é uma oportunidade, aproveita-a.
A vida é beleza, admira-a.
A vida é sonho, torna-o realidade.
A vida é um desafio, enfrenta-o.
A vida é um dever, cumpre-o.
A vida é um jogo, joga-o.
A vida é preciosa, cuida-a.
A vida é riqueza, conserva-a.
A vida é um mistério, desvela-o.
A vida é promessa, cumpre-a.
A vida é um hino, canta-o.
A vida é um combate, aceita-o.
A vida é tragédia, domina-a.
A vida é aventura, enfrenta-a.
A vida é felicidade, merece-a.
A vida é a VIDA, defende-a!

Agradecimentos:

Agradecemos a todos por se terem juntado a esta Caminhada Nacional pela Vida!

Agradecemos em particular aos que vieram de mais longe: de Barcelos, de Amares, de Vila Verde, de Famalicão, de Fafe, de Guimarães…

Agradecemos ao nosso Speaker, o Fernando Fernandes!

Agradecemos ao nosso fotógrafo e dronner, o José Carlos e o João Miguel!

Agradecemos ao Sr. António e à sua equipa da Gráfica Código de Barras!

Agradecemos ao Diário do Minho, à Associação de Motociclistas Cristãos, ao Grupo de Bombos, à Associação de Pais e Amigos das Crianças Inadaptadas, e à Unidade de Cuidados Paliativos de Braga “O Poverellho”!

Agradecemos a todos os que produziram os materiais de divulgação da Caminhada e deram a cara pela Causa da Vida!

Agradecemos em especial à Comissão Organizadora e aos voluntários que, no silêncio, tornaram possível esta fantástica Caminhada Pela Vida!

Convite:

Caros associados e amigos,

Marcamos encontro para o dia 22 de outubro de 2022, a próxima Caminhada Pela Vida!

Até lá, convidamo-vos a todos, em cada dia e no lugar em que se encontrem, a promoverem a Dignidade da Vida Humana em quaisquer circunstâncias, desde a sua conceção até à morte natural, a promoverem a Dignidade da Família como lugar insubstituível onde o pai e mãe constituem uma comunidade de vida e amor aberta à vida, a promoverem a Dignidade de uma sociedade humanista onde a pessoa humana é o seu fim último!

Isto porque, a única indignidade que vemos nos mais frágeis, num doente, num deficiente, num bébé, numa grávida em dificuldade, num idoso só, é dar-lhe como resposta uma cultura da morte!

Promovamos uma Cultura da Vida! Promovamos uma Civilização do Amor!

Como diz um amigo…

Se não nós, então quem?

Se não agora, então quando?

Viva a Vida! Viva a Vida! Viva a Vida!

Caminhada Pela Vida 2021